13 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

VW BULLI A NOVA KOMBI

Está sendo apresentado no salão de Genebra a releitura da Kombi, como chamamos aqui no Brasil, o Volkswagen Bulli.

A primeira proposta morreu em 2001 e dez anos se passaram antes que o conceito pudesse renascer e fosse apresentado ao mundo.

Com 3,99 metros de comprimento, 2,62 entre eixos, 1,75 de largura e 1,70 de altura o VW Bulli é impulsionado por um motor elétrico de 85 KW  e baterias de lítio com capacidade máxima de 40 kWh, faz de 0-100 km/h em 11,5 segundos e autonomia de até 300 km. É equipado com seis assentos (3 + 3), controle dos sistemas de informação e entretenimento através do IPAD. No entanto, essa minivan continua tendo a opção de usar um motor a gasolina ou a diesel com injeção eletrônica e cilindradas de 1,0 ou 1,4 litros.

Criado por jovens designers o Bulli tem um ótimo sistema de entretenimento com controles inovadores. Localizado no centro do painel o IPAD desempenha o papel de tela multi-touch, podendo ser controlado através de uma aplicação web IPAD que reproduz qualquer conteúdo multimídia e usa sistema de navegação Bluetooth. Esse IPAD também serve de controle para o ar condicionado, acionar o pisca alerta e outros.

A parte central do banco dianteiro pode ser dobrado deixando somente dois assentos e os traseiros rebatidos aumentando a capacidade de bagagem para 1.600 litros, ou transformando-se numa cama confortável e sendo bem aproveitado numa boa viagem de fim de semana.

Alguns acham que esse conceito pode não vingar, como acontece com muitos, mas há alguns especialistas que afirmam ter surgido de vez o substituto para a nossa boa e velha Kombi.

Fotos: Divulgação

s