14 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

Troféu Indy 2013 por Paulo Soláriz

O artista plástico, empresário cultural e amante da velocidade, Paulo Soláriz novamente é o responsável por produzir os troféus que serão dados aos primeiros colocados da etapa 2013 da SP Indy 300. Design das peças faz referência à história e à essência de São Paulo.

Desde a primeira edição da São Paulo Indy 300, em 2010, Paulo Soláriz é designado para idealizar e dar forma aos troféus da etapa brasileira da Fórmula Indy, e em 2013 não será diferente. O empresário cultural e artista plástico já concluiu a confecção de “Bandeirante”, nome da taça dada ao vencedor que faz referência aos bandeirantes brasileiros, bem como a todos aqueles que vêm e já vieram a São Paulo para “fincar sua própria bandeira”.

O troféu é dividido em três partes, cada uma com um significado diferente. A base é feita em fibra de carbono e serve como referência à tecnologia usada nos carros de corrida. O centro da taça, acima da base, é vermelho – em resina de poliéster – e possui linhas em espiral que, segundo Soláriz, representam o movimento da cidade de São Paulo, com seus viadutos e avenidas. Já a parte superior da peça é o que mais impressiona e o que dá nome à obra: uma figura, em bronze, que representa todos os que vieram a São Paulo para deixar sua marca. O “personagem” representado faz o movimento de fincar uma bandeira – representando os bandeirantes – ou, dependendo de como é visto, de manejar uma corrente – representando os trabalhadores brasileiros.

O troféu é feito artesanalmente e vai de encontro ao principal tema adotado por Soláriz em suas obras: a velocidade, o automobilismo. Outros exemplos de suas criações são os troféus do GP Brasil de F1 e a organização e execução da exposição Velocult, a Semana Cultural da Velocidade, que em 2013 chegou a sua 4ª edição, e recebeu mais de 1 milhão de visitantes.

Fonte: Imprensa Paulo Soláriz