13 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

SP libera pagamento antecipado do IPVA

Valor poderá ser depositado em cota única ou em três vezes

Os motoristas do estado de São Paulo já podem efetuar o pagamento antecipado do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) de 2011.

A partir desta semana, todos os bancos credenciados estão habilitados a realizar o recolhimento do imposto à vista, com desconto de 3% ou receber a primeira das três parcelas referentes ao valor total do imposto.

O envio dos avisos de vencimento do IPVA começou nesta terça-feira, 22 de dezembro, sendo que todos os 14 milhões de informantes serão comunicados da data limite para efetuar o pagamento até o fim deste mês. A Secretaria da Fazenda do Estado ressaltou que o comunicado é apenas um lembrete, não um boleto ou guia de recolhimento.

O contribuinte terá o final de dezembro e o período referente à data de vencimento da placa do veículo para pagar o imposto. O valor poderá ser depositado em cota única, com desconto de 3%, ou parcelado em até três vezes, com pagamentos nos meses de janeiro, fevereiro e março. Caso prefira, o proprietário poderá quitar o imposto em fevereiro, sem desconto no valor total.

O seguro obrigatório – que teve um reajuste de 7,83% no caso dos automóveis de passeio – deve ser recolhido juntamente com a primeira parcela do imposto (para quem optar pelo parcelamento) ou com a cota única.

Em contrapartida, o IPVA ficará, em média, 7,2%

menor em 2011. O valor do imposto é calculado sobre o valor venal do veículo. O pagamento poderá ser efetuado em qualquer agência bancária credenciada (a lista de bancos credenciados está disponível no site da Secretaria da Fazenda). É preciso ter em mãos o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor) do veículo.

Quem preferir poderá fazer o pagamento nos terminais de autoatendimento, na internet ou nos canais adicionais oferecidos pela instituição bancária. As datas de vencimento das parcelas do IPVA podem ser consultadas no site da Secretaria da Fazenda.