12 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

RENAULT-NISSAN ADQUIRE AVTOVAZ

A Aliança Renault-Nissan e a estatal Russian Technologies decidiram pela criação de uma joint venture, que dará à Aliança Renault-Nissan uma participação majoritária indireta na AvtoVaz, de acordo com um protocolo de acordo assinado hoje.

A Aliança Renault-Nissan, a AvtoVaz, a Russian Technologies e a Troika Dialog assinaram hoje em Paris um protocolo de acordo que prevê a criação, pela Aliança Renault-Nissan e a estatal Russian Technologies, de uma joint venture que controlará a AvtoVaz, a montadora número 1 da Rússia, que produz os conhecidos modelos da marca Lada.

Até meados de 2014, a Aliança Renault-Nissan investirá aproximadamente 750 milhões de dólares em troca de 67,13% do capital da joint venture. Assim, a joint venture possuirá 74,5% da AvtoVaz. A transação deverá ser finalizada até 2014.

A Renault, que já detinha 25% do capital da AvtoVaz em 2008, tendo ajudado a AvtoVaz a dar início a uma profunda reestruturação, investirá em torno de 300 milhões de dólares na joint venture. A contribuição da Nissan, que atualmente não é acionista da AvtoVaz, chegará a 450 milhões de dólares. Estas somas serão integralizadas em várias etapas pela Renault e pela Nissan até 2014.

A Russian Technologies reduzirá os seus empréstimos à AvtoVaz em aproximadamente 7 bilhões de rublos (238 milhões de dólares), recebendo o resultado da venda antecipada pela AvtoVaz de ativos não estratégicos. O saldo restante destes empréstimos sem juros, em um montante de aproximadamente 46 bilhões de rublos (ou 1,56 bilhão de dólares) será prorrogado a prazos extremamente longos.

Isso possibilitará que a AvtoVaz tenha um balanço sólido, sem problemas de liquidez.

“O acordo assinado hoje marca mais uma etapa de um processo de colaboração cada vez maior, que contribui para a modernização da líder da indústria automobilística russa”, declarou Carlos Ghosn, Presidente e CEO da Aliança Renault-Nissan. “A Renault e a Nissan manterão suas transferências de tecnologias para as fábricas russas, enquanto que nossos colegas russos estarão cada vez mais presentes na equipe multicultural de direção da Aliança”.

“Estamos extremamente satisfeitos por permitir que a AvtoVaz fortaleça as suas relações com a Aliança Renault-Nissan e receba a Nissan como nova parceira estratégico da AvtoVaz”, declarou Serguei Chemezov, Diretor Geral da Russian Technologies e presidente do Conselho de Administração da AvtoVaz. “A joint venture entre a Russian Technologies e a Aliança é mais uma prova dos progressos fantásticos que realizamos para criar uma visão compartilhada em benefício da AvtoVaz e da marca Lada”.

Durante os próximos meses, a Aliança Renault-Nissan conduzirá uma auditoria financeira, jurídica, e ambiental. As partes devem assinar acordos definitivos e concluir a transação até o final de 2012, sob a condição de obtenção das autorizações regulamentares de praxe.

Até 2014, a joint venture adquirirá a totalidade das participações da AvtoVaz possuídas pela Troika Dialog.

“A Troika Dialog tem o orgulho de ter desempenhado um papel ativo na consolidação de uma das mudanças estratégicas mais bem-sucedidas da indústria russa. A AvtoVaz é um exemplo de como uma empresa pode se beneficiar dos esforços comuns empreendidos por players internacionais, a fim de fornecer um modelo de competitividade futuro e destacar a importância da contribuição da indústria automobilística para a economia russa”, declarou Ruben Vardanian, Presidente da Troika Dialog.

Colaboração acelerada

A assinatura deste protocolo acontece um mês depois que o Primeiro Ministro Vladimir Putin inaugurou uma nova linha de produção na fábrica da AvtoVaz na cidade de Togliatti, representando um investimento de 525 milhões de dólares e uma capacidade de produção de 350.000 carros por ano. Graças à capacidade adicional de produção, a fábrica tem agora uma capacidade anual de quase um milhão de veículos.

A Renault, a Nissan e a Lada estão lançando atualmente uma ofensiva de produtos, que se traduzirá por uma renovação dos principais modelos da Lada e o lançamento de novos carros das três marcas (sendo cinco modelos produzidos na nova linha de produção da Aliança). Além da cidade de Togliatti, as três marcas têm fábricas em Moscou, São Petersburgo e Ijevsk.

“A AvtoVaz comemora o acordo assinado entre os seus principais acionistas. A nossa empresa acredita que a Aliança Renault-Nissan e a Russian Technologies compartilham de uma mesma visão a respeito do potencial da AvtoVaz, o que deve ser determinante para o seu futuro sucesso”, afirmou Igor Komarov, CEO da AvtoVaz. “As duas acionistas principais contribuirão para proporcionar o apoio que a empresa precisa para implementar o plano de transformação mais importante de sua história. A equipe de direção da AvtoVaz e as nossas parceiras da Aliança vão manter a aceleração da integração e os projetos conjuntos.”

A Rússia apresenta os maiores índices de crescimento econômico da Europa. Ela deve se manter na liderança do desenvolvimento por várias décadas, graças à emergência dos consumidores das classes média e alta. Mais de 10 milhões de domicílios russos já possuem uma renda anual de mais de 50.000 dólares.

O mercado automobilístico russo (automóveis e comerciais) atingiu 2,65 milhões de veículos em 2011. O volume estimado para 2012 deve ficar em torno de 2,9 milhões de unidades.

A Aliança vendeu 878.990 carros na Rússia em 2011, dos quais 578.387 da marca Lada. Com 33% de participação de mercado, a Rússia se mantém como o terceiro mercado da Aliança, logo após a China e os Estados Unidos.

Para esta transação, o Grupo Renault-Nissan conta com a consultoria do HSBC.

Sobre a Aliança Renault-Nissan

A Aliança Renault-Nissan é uma parceria estratégica entre a montadora francesa Renault (com sede em Paris) e a japonesa Nissan (sediada em Yokohama). Junto com a montadora russa AvtoVaz, a Aliança vende 10% do total de carros comercializados em todo o mundo. Atuando desde 1999 como parceiras estratégicas, em 2011 a Renault e a Nissan venderam 8,03 milhões de carros em aproximadamente 200 países. A Aliança tem acordos de colaboração estratégicos com diversas montadoras, como a alemã Daimler, a chinesa Dong Feng ou ainda algumas empresas regionais, como a Ashok Leyland da Índia.

Sobre a Russian Technologies:

O grupo estatal Russian Technologies foi criado em 2007, em virtude de uma lei federal da Federação Russa. As atividades da Russian Technologies têm o objetivo de contribuir para o desenvolvimento, fabricação e exportação de produtos industrializados de alta tecnicidade, assegurando tanto no mercado interno quanto externo uma assistência às empresas russas que geram e fabricam produtos industriais de alta tecnicidade, e atraindo investimentos em empresas de diversos setores industriais.

Sobre a Troika Dialog

Subsidiária da empresa Sberbank da Rússia, a Troika Dialog é uma grande empresa de investimentos que opera nos mercados da CEI, A Comunidade de Estados Independentes. Transações em bolsa, serviços bancários e de investimentos, gestão de ativos, investimentos diretos e de risco, bem como finanças e investimentos privados são os principais pilares da atividade da empresa, fundada em 1991. A Troika Dialog opera em 21 cidades da Rússia, assim como em Nova Iorque, Londres, Nicósia (Chipre), Kiev (Ucrânia) e Almaty (Cazaquistão).

Fonte: Imprensa Renault.