14 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

NOVO MERCEDES-BENZ ML 63 AMG

O novo Mercedes-Benz ML 63 AMG chega com muita eficiência, performance e exclusiva experiência de condução.  Com autonomia de até 100 km com 11,8 litros de combustível é um SUV de alto desempenho mas com 28 por cento a menos de consumo em relação ao seu antecessor.

A base para o baixo consumo de combustível e desempenho de primeira classe é fornecido pela AMG, um motor de 5,5 litros V8 biturbo e potência máxima de 525 cv. A AMG também disponibiliza um pacote opcional que aumenta a potência do motor V8 para 557 cv. O novo Mercedes-Benz ML 63 AMG possui Active Curve System, sistema recém-desenvolvido para a estabilização automática do veículo em curvas, além do design AMG e a ampla gama de equipamentos de série e compromissos que prevêem um pacote altamente atrativo.

Ola Källenius, presidente da Mercedes-AMG GmbH, observa: “Como seus antecessores, o novo ML 63 AMG estabelece novos padrões em termos de exclusividade, desempenho e uma experiência de condução superlativa, mais o fator de eficiência, que está adquirindo cada vez maior ênfase na Mercedes -AMG. Como  inventor do SUV de alta performance, nos mantemos fiéis à filosofia que introduzimos em 1999 com o ML 55 AMG e continuou em 2005 com o ML 63 AMG “.

O novo ML 63 AMG vem com um pacote de tecnologia fascinante: o motor AMG de 5,5 litros V8 biturbo motor apresenta spray de injeção direta de gasolina com injetores piezo, sistema start / stop ECO, cárter em alumínio, quatro válvulas por cilindro com comando de válvulas de ajuste, refrigeração a água e a ar com admissão e gestão do gerador.

 

Com um deslocamento de 5.461 cc, o motor de oito cilindros gera a potência máxima de 525 cv e faz de 0-100 km/h em 4,8 segundos e com o pacote AMG de 557 cv faz de 0-100 km/h em apenas 4,7 segundos. O pacote de desempenho AMG ainda inclui uma cobertura do motor com carbono real alta qualidade, pinças com acabamento pintado de vermelho e o volante AMG Performance em couro legítimo.

Fonte: Imprensa Daimler.