14 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

FEI MOSTRA 3 CARROS NA VELOCULT SP

FEI vai mostrar os veículos X-1, X-3 e o Fórmula elétrico durante a 3ª edição da Semana Cultural de Velocidade – Velocult, que acontecerá até 17 de março, em São Paulo.

Desenvolvidos no Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana), os veículos X-1, X-3 e o Fórmula Elétrico estarão em exposição na 3ª edição da Semana Cultural de Velocidade, a Velocult, que acontece até 17 de março, no Conjunto Nacional, em São Paulo. Aberta ao público, a mostra traz também réplicas em miniaturas de carros antigos e atuais, veículos da Stock Car, troféus e capacetes de nomes famosos.

X-1 – O FEI X-1, primeiro protótipo do antigo DEPV (Departamento de Estudos e Pesquisas de Veículos da FEI), foi projetado pelo professor Rigoberto Soler e alunos em 1968. Na época, foi considerado o carro do futuro, por ser um veículo anfíbio de quatro rodas e propulsão aerodinâmica para andar sobre rodas ou flutuar. Construído em madeira e pesando 380 kg, o veículo possui hélice e leme instalados na traseira, motorização de Gordini e duas rodas de kart na dianteira. A transmissão é de quatro marchas e traz, no lugar do volante, um manche, como num avião.

O protótipo foi projetado para funcionar também sobre água, atingindo 20 km/h. Na terra, alcançava até 100 km/h, quando apoiado nas rodas traseiras. Pilotado pelo professor Soler, o FEI X-1 causou sensação nas ruas no trajeto à Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, onde seria exposto no Salão do Automóvel.

X-3 – O FEI X-3, conhecido como Lavínia, também desenvolvido pelo DEPV, é um protótipo esportivo, projetado para dois ocupantes e que, além do design arrojado, também chamou atenção na época pelo freio aerodinâmico que permitia frenagens rápidas, inclusive a grandes velocidades (a máxima prevista era de 240km/h). O Lavínia possui portas do tipo asas de gaivota, que abrem para cima e já participou de três edições do Salão do Automóvel (1972, 1974 e 2004).

O Lavínia possui carroceria em chapa de aço e alumínio, suspensão dianteira mantida original do Dodge Dart, da Chrysler, freios a disco nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras, rodas 8’’ de largura na frente e 12’’ atrás de aro 14’’. O FEI X-3 possui carroceria em chapa de aço e alumínio, freios a disco nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras, rodas 8’’ de largura na frente e 12’’ atrás, de aro 14’’. O carro tem 4,3 m de comprimento, 1,8 m de largura, 1,1 m de altura e 0,18 m de altura livre do solo, além de transmissão de três velocidades.

FÓRMULA ELÉTRICO – O protótipo elétrico foi construído em 2011 por sete estudantes dos cursos de Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica, sob coordenação do professor do curso de Engenharia Mecânica Automobilística Ricardo Bock. O veículo é alimentado por baterias de celular, tipo íon de lítio, que levam cerca de 4 horas para carregar e garantem autonomia de 30 minutos. O carro pesa 320 kg, contando o peso do piloto, e pode superar os 100 km/h. O veículo foi projetado a pedido da SAE BRASIL, que lançou em 2011 a 1ª Competição Fórmula SAE Elétrico, entre estudantes de engenharia de todo o País.

 

3ª Semana Cultural de Velocidade Velocult
Data: de 27 de fevereiro a 17 de março.
De: segunda a sexta-feira, das 8h às 23h, sábados, domingos e feriados, das 10h às 23h
Local: Espaço Cultural do Conjunto Nacional – avenida Paulista, 2.073, São Paulo

Entrada gratuita

Mais informações no http://www.semanaculturaldavelocidade.com.br

Fonte: Companhia de Imprensa.