14 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

BR Lança Projeto Mão na Massa

O projeto Mão na Massa, patrocinado pelo Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania desde 2008, abre, no próximo dia 29, inscrições para 60 vagas de curso técnico gratuito voltado para mulheres de baixa renda. Há vagas para pedreiro e carpinteiro de fôrmas. Depois de formadas, as operárias poderão trabalhar em canteiros de obras na função de meio oficial, cargo acima do de servente, com remuneração de cerca de R$ 900,00.

Para se inscrever, as candidatas precisam ter entre 18 e 45 anos, a 5ª série do Ensino Fundamental completa, e apresentar originais e cópias de carteira de identidade, CPF, título de eleitor e comprovante de residência, nos dias 29 e 30 de janeiro, no Abrigo Maria Imaculada, no Rocha, zona norte do Rio. Durante os seis meses de curso, supervisionado por uma engenheira, um arquiteto e uma técnica de edificações, as participantes aprendem leitura de plantas, têm aulas de português e matemática, além de etiqueta do trabalho. Nesta etapa, recebem vestuário profissional, equipamento de proteção individual e vale-transporte.

Já na etapa prática do curso, com duração de três meses e cobertura de bolsa-auxílio, são oferecidos também apostila, lanche e vale-transporte. Ao final do curso, que dá certificado do Senai ou da Fundação de Apoio à Escola Técnica no Estado do Rio (Faetec), as alunas recebem um kit de ferramentas para facilitar acesso ao emprego. Cerca de 50% das operárias que já passaram pelo projeto estão formalmente inseridas no mercado de trabalho da construção civil, em empresas como a Odebrecht, Cofix e CHL. Recentemente, seis operárias capacitadas pela iniciativa foram contratadas pela Brookfield Incorporações. Uma delas, Nívea Gomes, de 38 anos, conta como a mudança de profissão elevou seus ganhos.

“Eu trabalhava numa cozinha industrial, fazendo entregas de quentinhas em obras, em jornada de trabalho superior a 10 horas diárias. Recebia um salário mínimo. Numa destas entregas, em conversa com um mestre de obras, soube das oportunidades para mulheres na construção civil. Justamente nesta época, caiu nas minhas mãos uma matéria falando do Mão na Massa. Corri para me inscrever. No final da capacitação, fui indicada para a Brookfield Incorporações. Hoje trabalho como meio-oficial de carpinteiro em uma das obras da construtora, onde recebo remuneração de cerca de mil reais, além de benefícios como plano de saúde, e cesta-alimentação. Entre as funções exercidas pelo meio-oficial, eu faço a marcação do terreno, e preparo a fundação da casa”, conta Nívea.

Desde seu início, em 2008, o projeto contemplado no Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, na linha de Geração de Renda e Oportunidade de trabalho, e pela Fundação Interamericana (IAF), já formou e encaminhou mais de 530 operárias para o mercado, em parceria com o Serviço Social da Indústria da Construção do Rio de Janeiro (SECONCI) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon).

Implantado em 2007, o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania investe em projetos em todo o país voltados para Geração de Renda e Oportunidade de Trabalho, Educação para a Qualificação Profissional e Garantia dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes.

Fonte: Agência Petrobrás.