13 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

Banco Honda Patrocina ‘Alô, Dolly!’

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento cultural do país, o Banco Honda tem patrocinado espetáculos teatrais bem como outras iniciativas socioculturais em todo o país. O espetáculo musical ‘Alô, Dolly!’, dirigido e estrelado por Miguel Falabella e Marília Pêra que estreia dia 13 de outubro próximo, no Oi Casa Grande, também conta com esse patrocínio.

“Uma das premissas do programa de incentivo do Banco Honda é apoiar a difusão de projetos culturais por todo o Brasil. Entendemos a importância do apoio da iniciativa privada para as montagens teatrais e por isso continuaremos investindo e prestigiando espetáculos como o ‘Alô, Dolly!’, afirma Alberto Pescumo Filho, gerente geral comercial da Honda Serviços Financeiros. O Banco Honda patrocinou ao longo do ano a Fundação Bachiana, do maestro e pianista João Carlos Martins e o festival de dança contemporânea japonesa Yosakoi Soran.

Alô, Dolly!

Baseado na peça ‘The Matchmarker – A casamenteira’, com texto de Michael Stewart e letras e músicas de Jerry Herman, ‘Alô, Dolly!’ estreou na Broadway em 1964 arrebatando nada menos do que 10 Prêmios Tony, entre eles o de Melhor Musical, Melhor atriz (Carol Channing), Melhor Libreto, Melhor Trilha, Melhor Direção e Melhor Coreografia. ‘Alô, Dolly!’ é até hoje um dos musicais de maior êxito da história, já foi remontado três vezes na Broadway, além de ter versões no mundo inteiro, inclusive no Brasil, com Bibi Ferreira e Paulo Fortes. Gerou ainda um filme estrelado por Barbra Streisand, com direção de Gene Kelly, e indicado a sete Oscars.

A ação de ‘Alô, Dolly’se passa em 1890, no estado de Nova Iorque, e conta a história de Dolly Levi (Marília Pêra), uma célebre viúva casamenteira, que é contratada pelo avarento e mal-humorado comerciante de Yonkers, Horácio Vandergelder (Miguel Falabella), para lhe arranjar uma esposa na cidade grande (na capital Nova Iorque). Dolly o apresenta a Irene Molloy (Alessandra Verney), mas inicia uma série de armações, quando decide que ela mesmo conquistará o bom partido e ficará rica.

O musical destaca ainda o jovem Cornélio Hackl (Frederico Reuter), funcionário de Horácio que se apaixona por Irene. Ele está sempre metido em confusões com seu fiel escudeiro Barnabé Tucker (Ubiracy Paraná do Brasil). Além de tentar garantir seu próprio casamento, Dolly também resolve ajudar Ambrósio Kemper (Thiago Machado) a namorar Ermengarda (Brenda Nadler), sobrinha de Horácio, que faz forte oposição ao romance, já que o rapaz é pobre. O elenco conta ainda com Ricardo Pêra, Ester Elias e Patrícia Bueno, além de um ensemble formado por 14 atores (sete homens e sete mulheres) e cinco bailarinos.

Alô, Dolly!
Estreia: 13 de outubro (sábado)
Temporada: até 23 de dezembro
Teatro Oi Casa Grande
Rua Afrânio de Melo Franco, 290 – Leblon – Rio de Janeiro/RJ

Horários:
Quinta e sexta: 21h
sábado: 18h e 21h30
Domingo: 19h

Ingressos:
De R$ 50,00 a R$ 190,00

Bilheteria:
Telefone: (21) 2511.0800

Terças e quartas – 15h às 20h
Quintas e sextas – 15h às 22h
Sábados – 15h às 22:30h
Domingos – 15h às 20:30h

Ingressos também pelo site Ingresso.com ( www.ingresso.com.br )

Classificação etária: 10 anos

Fonte: Imprensa Honda.