14 de maio de 2021

Tudo que você quer e que seu carro precisa.

ÁLCOOL E DIREÇÃO – DIVERTIMENTO PARA POUCOS, SOFRIMENTO PARA MUITOS.

Notícias de acidentes de trânsito com vítimas fatais envolvendo a mistura de álcool e direção são divulgadas diariamente nos mais diversos meios de comunicação, isto ocorre devido ao fato de que em mais de 50% dos acidentes de trânsito existir a presença de álcool. Mas apesar da alta taxa de mortalidade apresentada por essa mistura, grande parte da população ainda desconhece, ou pior, ignoram os efeitos do álcool no organismo e os riscos em se dirigir depois da ingestão de bebidas alcoólicas.

Para se conduzir um veículo de forma segura se faz necessária atenção constante, destreza, reflexos apurados para reagir rapidamente diante de situações de risco ou emergência, dentre outras habilidades, no entanto quando se ingere qualquer quantidade de bebida alcoólica, muito antes dos sinais físicos de embriaguez surgirem, as habilidades supracitadas e a capacidade de julgamento são rapidamente afetadas levando a tomadas de decisões equivocadas ou tardias, além de que, quanto maior a quantidade de bebida alcoólica ingerida maior é o risco de adormecer, ou até mesmo, perder a consciência ao volante. 

Pesquisas feitas em diversos países apontam que a maioria das mortes no trânsito envolvendo a mistura de álcool e direção se dá pelo fato de que condutores embriagados estão mais propensos a dirigir em alta velocidade sem utilizar o cinto de segurança, lembrando que a utilização do cinto de segurança por todos os ocupantes de um veículo reduz em 45% o risco de morte em caso de acidente, e isso se deve ao fato de o álcool atuar como estimulante, causando sensação de excitação, diminuindo a sensação de medo e causando excesso de autoconfiança.

A Constituição Brasileira prega que TODOS possuem o direito de ir e vir com segurança e a incolumidade da vida, o Código de Trânsito Brasileiro tem como princípio basilar o direito ao trânsito seguro e a preservação da vida

Apesar de todo risco apresentado, apesar do noticiário farto de notícias de morte no trânsito devido a essa mistura letal, em nosso país ainda existem pessoas que vêem na ingestão de bebida alcoólica uma diversão, não percebem que a diversão está em sua cabeça, na sua forma de enxergar o mundo. E para estes deixo o seguinte questionamento:

“Se todos nós temos os direitos supracitados, qual direito tem você teria de que seu pseudo-divertimento tire nosso direito de ir e vir com segurança, ao trânsito seguro e a preservação de nossas vidas?”

Pense nisso, não seja você o próximo número da triste e fria estatística de mortos em acidente de trânsito devido à mistura letal de álcool e direção.

Por: Rafael Izidoro – www.transitoecidadaniabr.blogspot.com